Secretaria de Município de Desenvolvimento Social

Cadastro Único

Atenção:
As pessoas abaixo relacionadas ou seus responsáveis legais, devem comparecer ao Posto Central do Cadastro Único com URGÊNCIA, para a inclusão dessas pessoas no Cadastro Único, para evitar o cancelamento do Beneficio de Prestação Continuada pago pelo INSS. A pessoa responsável deve levar RG e CPF de todos os moradores da residência, se tiver criança pode ser Certidão e CPF, mais um comprovante de residência com menos de 90 dias. O Posto Central do Cadastro Único fica na Rua General Neto, 504, telefone de contato 3174-1520.
VISUALIZAR A LISTAGEM AQUI!

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda. É a única maneira das famílias participarem de programas sociais.
Documentos necessários para fazer o cadastro único:
Adultos (maiores de 18 anos) que residem na casa; 
 – Carteira de identidade e CPF (Responsável familiar conter os dois documentos) 
 – Comprovante de residência
Menores de 18 anos que residem na casa;
 – Certidão de nascimento das crianças e CPF
– Frequência da escola/creche (para quem já recebe o auxílio Brasil).
Endereço: Rua General Neto, 504.
Telefone para agendamentos: (55) 3174-1520.
Horário: 8h às 12h. 

O cadastro pode de ser feito também no CRAS mais próximo da residência:

CRAS NORTE - RUA FERNANDES VIEIRA, 167, CAROLINA
Fone: (55) 3174-1519

CRAS LESTE - RUA JOÃO MACHADO SOARES, 2777, CAMOBI
Fone: (55) 3174-1519

CRAS OESTE RUA MANOEL MALLMANN FILHO, 161, NOVA SANTA MARTA
Fone: (55) 3174-1519

PROGRAMA AUXÍLIO BRASIL
Destinado as famílias que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza, o que compreende:
- Famílias com filhos menores de 18 anos – renda de até R$210,00 renda per capita
- Famílias sem filhos menores de 18 anos – renda de até R$ 105,00 renda per capita.
Devem fazer cadastro único nos CRAS ou na SMDS, e atualizá-lo anualmente ou sempre que tiver mudanças. Depois que começar a receber deve atualizar com os atestados de matrículas das crianças ou adolescentes que estão em idade escolar (DE 04 A 21 ANOS).

Como Consulta se foi liberado:
PELO: -aplicativo Caixa Tem; -aplicativo Auxílio Brasil; A consulta também pode ser feita pelos telefones 111 ou 121 com o número do CPF ou NIS, e pelo 0800 726 0207.

Enquanto não vem os cartões a família ainda recebe dessa maneira:
Se a pessoa  possui celular mas não é compatível (não é smartphone): Ele pode ir direto na lotérica e esta gera um token que ele recebe por SMS e já o utiliza no mesmo momento para o saque.

Se a pessoa não possui celular: Neste caso tem que ir em qualquer agência da Caixa que gera o token para ele receber na lotérica ou no autoatendimento da Caixa

 

Programa BPC na Escola

O Programa BPC na Escola faz parte de um conjunto de políticas públicas do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para assegurar aos beneficiários - com deficiência e até 18 anos - acesso e permanência à rede de ensino regular. O Programa BPC na Escola tem como principal objetivo garantir o acesso e permanência na escola de crianças e adolescentes com deficiência com até 18 anos inseridos no Benefício de Prestação Continuada (BPC). A Secretaria de Desenvolvimento Social realizou visita domiciliar nas 320 famílias indicadas pelo MDS/INSS para aplicar o questionário que tem o objetivo de identificar as barreiras para o Acesso e Permanência na Escola das Pessoas com Deficiência Beneficiárias do BPC. Este programa vai apontar novas políticas sociais públicas para o atendimento e garantia dos direitos sociais deste público-alvo da Assistência Social.

 

Documentos