Secretaria de Município de Meio Ambiente

22/11/2023 22/11/2023 12h05m

Na 9ª edição, Conferência Municipal de Meio Ambiente debate os caminhos para uma Santa Maria sustentável


Durante toda esta quarta-feira (22), participantes discutirão propostas para promover melhorias no meio ambiente

Promover o debate sobre temas socioambientais de interesse público é um dos objetivos da 9ª edição da Conferência Municipal de Meio Ambiente que ocorre nesta quarta-feira (22), no Itaimbé Palace Hotel. A iniciativa é promovida pelo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Santa Maria (Condema), com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente. Nesta edição, o tema escolhido é “Caminhos para uma Santa Maria sustentável: responsabilidade compartilhada... Por quem?”. Cerca de 180 pessoas participam do evento, que ocorre a cada dois anos.

Na ocasião, são debatidas as propostas de diretrizes escolhidas durante as quatro pré-conferências que antecederam o encontro. Divididas pelos eixos temáticos: Cidades Educadores (Eixo 1), Resíduos Sólidos (Eixo 2), Recursos Hídricos (Eixo 3) e Ambiental, Social e Governança (Eixo 4). Mais tarde, as diretrizes aprovadas no encontro são enviadas para setores do Poder Público, para que sejam executadas.

Durante a abertura, que ocorreu na manhã desta quarta-feira, pcuparam a mesa de debate o prefeito Jorge Pozzobom, o vice-prefeito Rodrigo Decimo, o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Givago Ribeira, o secretário de Meio Ambiente, Marcos Vinícius Moraes, o coordenador do Condema, André Agne Domingues, e a analista ambiental da Fepam, Renata de Baco.

O prefeito Jorge Pozzobom destacou que momentos como esse servem para que a sociedade repense as práticas ambientais, que há muito tempo são tratadas com descaso.

“Muitos dos problemas que presenciamos no cotidiano são criados pela própria comunidade que realiza o descarte inadequado de lixo, por exemplo, o que causa estragos de grandes proporções. Como Prefeitura, realizamos a limpeza de 90% das grandes áreas de alagamentos que tínhamos na cidade. Além disso, trabalhamos com a frente da educação, inserindo esse assunto para debate entre os jovens, que são o nosso futuro e já possuem mais consciência sobre o tema também”, reforçou o prefeito, acompanhado de Rodrigo Decimo.

O superintendente de Licenciamento e Controle Ambiental, Gerson Vargas Peixoto, explica que o objetivo principal das conferências é trazer a participação popular da sociedade e a partir disso definir diretrizes, que serão utilizadas pelos órgãos públicos e privados em seu planejamento:

“Tudo tem início nas pré-conferências que ocorreram antes da conferência principal, onde propostas são elaboradas e debatidas pelos participantes. As propostas aprovadas são compiladas em um caderno, que é entregue aos órgãos públicos e privados. Os delegados, que são os participantes da conferência, votam nessas propostas. Após, as preposições são aprovadas ou rejeitadas durante essa conferência e, por fim, o caderno de propostas é entregue a setores como prefeitura, câmara de vereadores, universidades e demais instituições”.

Texto: Tatiane Paumann (estagiária do curso de Jornalismo da UFSM)
Fotos: João Alves (Mtb: 17.922)  
Secretaria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria

Fotos

Mais Notícias | Página Inicial